Reunião para debater a implantação do curso de medicina em Rondonópolis. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli, informou durante a Audiência Pública realizada nesta quarta-feira (20) na Câmara Municipal, que a primeira turma do curso de medicina do campus de Rondonópolis deve iniciar as aulas em 2.014.

Cavalli afirmou que a parte mais difícil foi a inclusão de Rondonópolis no programa de expansão das universidades e aprovação pelo Ministério da Educação e pela presidente Dilma Rousseff. Com o aval para a criação do curso a reitora disse que estará no Ministério para apresentar as necessidades físicas do campus e de contratação de profissionais para darem início às aulas. Além do parecer favorável do Conselho de Medicina, e tão logo tenha essas questões resolvidas o curso está apto para iniciar.

Leia também:  IFMT promove palestra sobre ciência para educadores de Rondonópolis

Um dos critérios para a criação do curso é a melhor estruturação do Hospital Regional e da Santa Casa, para que se tornem hospitais universitários, dentro de suas especialidades, oportunidade em que a reitora descartou a construção de um hospital universitário. Além da melhoria no atendimento hospitalar Cavalli observou que o curso irá aquecer a economia local, pois muitas pessoas virão residir na cidade.

O deputado federal Wellington Fagundes disse que a implantação do curso é a realização de um sonho que irá beneficiar muito o município e vai se empenhar para que esta expectativa não seja frustrada. “O curso de medicina em uma cidade como Rondonópolis vai colaborar muito com o desenvolvimento do município. Vou me dedicar para que esse sonho seja realizado o quanto antes”. Wellington ressaltou que haverá uma melhora significativa no atendimento hospitalar no município, além de suprir a questão de falta de médicos.

Leia também:  '29º Anuncia-me' e '11º Anuncia-me aos Pequeninos' acontece em Rondonópolis

O prefeito Ananias Filho e o presidente da Câmara Municipal, vereador Hélio Roberto Pichioni, se colocaram a disposição da reitora para ajudar na implantação do curso em Rondonópolis, pois entendem que a população será beneficiada em todos os sentidos. “Estamos prontos para receber o curso de medicina”, afirmou o prefeito.

Outro ponto debatido na Audiência Pública foi o funcionamento do Centro de Apoio ao Pequeno Produtor, para auxiliar no desenvolvimento da agricultura familiar.  O prédio já foi construído pela prefeitura, mas ainda não está em funcionando por falta de pessoal para desenvolvê-lo. Na oportunidade a reitora afirmou que irá encaminhar para a prefeitura uma proposta de parceira, onde o campus entrará com a equipe para ajudar no desenvolvimento dos pequenos produtores para que possam atender as exigências do mercado.

Leia também:  Acontece em Rondonópolis o 2º Encontro de Gestão de Cozinhas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.