Foto: assessoria

Os cursos oferecidos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), proporcionam qualificação técnica e profissional de nível médio, além de formação inicial e continuada para cidadãos de diversas idades. “Com o grande número de profissionais que se forma a cada ano, é importante priorizar a qualificação”, destaca o prefeito Ananias Filho.
De acordo com a coordenadora do Núcleo de Geração de Emprego e Renda, Neuly Paiva Borotta, os interessados devem procurar uma das cinco unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) distribuídos pela cidade, ou a sede da Secretaria de Promoção e Assistência Social, localizada na Rua Washington Luiz, no bairro La Salle.

Leia também:  Sindicalistas chegam a acordo com governo sobre perdas salariais

Os cursos são oferecidos em parceria com o Sistema S de ensino (aqui em Rondonópolis representado pelo Senac e Senai). “Ainda existem algumas vagas em poucos cursos, por isso é preciso que os interessados se apressem para garantir o seu lugar”, diz a coordenadora.

A Secretária de Promoção e Assistência Social, Neuma de Morais, defende que os cursos são uma maneira de aprimorar o conhecimento adquirido em escola. “Muitas empresas procuram por profissionais com cursos técnicos no currículo, pois isto indica que aquele funcionário tem sede por conhecimento, e não será um problema para a empresa caso ele precise passar por algum tipo de curso profissionalizante”, observa.

INFORMAÇÕES

Mais informações pelos telefones do Cras Rio Vermelho – 3411-5307;
Cras Jardim Iguaçu – 3422-1338; Cras Ana Carla – 3411-5341; Cras Conjunto São José – 3902-1248; Cras Luz D’Yara – 3411-4392 ou na sede da Secretaria de Promoção e Assistência Social pelos telefones 3422-0545 / 3439-9100.

Leia também:  Até o final do ano, escolas da região do Xingu receberão postos de transformação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.