Com a queda de temperatura nesta semana os rondonopolitanos estão movimentando as lojas à procura de roupas de inverno. Os lojistas da cidade afirmam que já houve aumento de 10% nas vendas e que a expectativa é que cresça ainda mais.

Para o comércio essa estação é uma das melhores para alavancar o setor. Apesar de ainda não ter chegado o inverno as vitrines já anunciam a estação. Nada melhor para atrair o olhar dos consumidores e despertar aquela vontade de ir às compras.

A enfermeira, Cássia Santos, disse que o frio estimula as compras. “Estou aproveitando para olhar as opções para compor meu guarda-roupa, mas tento escolher peças que possam ser usadas também em outras estações”, explica.

Leia também:  Balcão de empregos: 231 vagas para Rondonópolis (08/06)

A dona de casa Maria Aparecida comentou que também prefere se antecipar e comprar logo no início do frio os agasalhos dos seus filhos. “Crianças perdem roupas de um ano para outro, então quando vejo que começa a esfriar corro para pesquisar e só depois compro”, ensina.

A procura por roupas, calçados e acessórios de frio cresce até 40% nessa época. Gerente de uma loja, Mariana Silva garante que junho é um dos meses em que mais se vende essas mercadorias.

“O moletom é a roupa mais vendida no início do frio, as temperaturas caem às pessoas pensam logo nas blusas. Os moletons na nossa loja podem variar de R$ 14 a R$ 60”, diz.

Leia também:  Banco Central intervém alta do dólar pela 4ª vez hoje (18)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.