O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur), Rubens de Oliveira Paulo, entregou nesta quarta-feira (06) o pedido de afastamento para disputar a uma cadeira como vereador municipal. Durante esse período a vice-presidente, Marta Aparecida Euzébio, assumirá a frente dos trabalhos.

Rubens justificou que em momento algum teve a intenção de não concluir o mandato de sindicalista para se candidatar a vereador, mas que houve um entendimento do partido a qual é filiado, Partido Social Cristão (PSC), e também pelos pedidos de muitos amigos e servidores resolveu ingressar na disputa. “Entendemos que há uma possibilidade de eu ser eleito em razão do bom relacionamento que tenho com os servidores, os irmãos da igreja a qual pertenço e na sociedade”, argumentou.

Leia também:  Instituições se unem para garantir atualização do Plano Diretor do município

Professor de carreira, Rubens destacou que se conseguir uma das 21 vagas na Câmara Municipal poderá agir de forma mais efetiva em prol dos servidores. “Já militamos em favor dos funcionários do município, acredito que na Casa de Leis terei mais capacidade para ajudar nas reivindicações dos servidores, pois conheço bem a luta da classe. E posso ser mais um parlamentar para somar forças em favor dos servidores”.

Diante dos bons resultados na gestão como sindicalista, com a conquista de uma nova sede, quitação de divida dos servidores, aquisição do carro para o sindicato e reforma geral e ampliação do clube, Rubens acredita que a sociedade como um todo pode avaliar os trabalhos desenvolvidos até o momento e decidir se deve ou não ser eleito.

Leia também:  Avião cai no Pantanal matogrossense e deixa um morto e outro gravemente ferido

Rubens afirma que não tem intenção de prejudicar o projeto de nenhum candidato e sim somar força em favor da população.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.