Durante a corrida do Padroeiro os batedores resolveram criar um novo percurso para a prova, os competidores que deveriam correr cinco quilômetros correram apenas três. A confusão começou no trevo da Avenida Goiânia, onde os agentes municipais de trânsito e profissionais do Exército que estavam à frente da prova erraram o percurso e causaram um enorme transtorno entre os atletas.

Muitos competidores se sentiram prejudicados com o erro, pois começaram a prova em um ritmo mais lento para pegar mais pesado nos quilômetros finais, porém quando se deram conta já haviam se deparado com a linha de chegada, sem contar que antes do início da prova as confusões já tinham começado.  Os competidores que fizeram a inscrição antecipada na Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Lazer, tiveram que se inscrever novamente, pois alguém se esqueceu de levar a papelada para o local da corrida.

Leia também:  PMDB ainda espera por Ibrahim
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.