Dinalva Costa Pereira,  presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis

A primeira parcela do 13º salário deve ser paga aos servidores em 30 de junho de cada ano como está previsto na lei 1.752/1190 do Estatuto do Servidor Municipal. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) solicita ao prefeito, Ananias Filho, para que haja cumprimento lei, já que os servidores se programaram para receber na data prevista.

Segundo a presidente do Sispmur, Dinalva Costa Pereira, o acordo vinha sendo cumprido nas gestões anteriores. “Com essa previsão legal, já é costume que o pagamento saia nesta época, o servidor faz planejamento com esse recurso e até compromisso, contando com esse dinheiro no meio do ano, por isso é preciso que haja o pagamento”, fala.

Leia também:  1° Aterro Sanitário de MT é inaugurado em Rondonópolis

DÍVIDA

Outro ponto importante que a presidente levantou é quer uma posição do atual gestor é sobre a dívida referente aos atrasos dos parceiros do SISPMUR que são IMPRO, SERV-SAUDE e CARTÃO INTERCOMPRAS.

Segundo um funcionário do INTERCOMPRAS houve atraso no repasso dos valores ocasionando assim bloqueios temporários do cartão, e proporcionando transtornos aos colegas servidores.

Quanto ao IMPRO e SERV-SAUDE, os diretores executivos, informaram atrasos de repasses com valores em montante superior a R$ 1.000.000 somando os dois órgãos. Isto gera improbidade administrativa. O IMPRO tem CRP (certificado regularização previdência) que os pagamentos precisam estar em dia para ser liberado, mas como tem maio em atraso aumenta o problema.

Leia também:  Empresas de Rondonópolis são obrigadas a adotarem medidas de proteção contra incêndios
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.