Números da Polícia Rodoviária Federal apontam que 118 pessoas morreram, no primeiro semestre, em acidentes nas cinco rodovias federais que cortam Mato Grosso (BRs 070, 158, 163, 174 e 364). Este número é 17% menor em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 142 mortes. 1.183 pessoas ficaram feridas. Ao todos foram contabilizados 2.074 acidentes (aumento de 7,6%).

O levantamento mostra que a principal causa dos acidentes foi a falta de atenção (680 casos), seguida de outras não informadas (475), não guardar a distância segura (109), defeito mecânico em veículo (135) e velocidade incompatível om a via (125). A maioria das ocorrências foram do tipo saída de pista (545), seguida de colisões traseira (453), lateral (355), transversal (130) e frontal (111).

Leia também:  Veículos de carga terão restrição de tráfego nas rodovias federais no feriado

Em relação às condições climáticas, na maioria dos acidentes (1.117) o céu estava claro, em 352 estava chovendo, 327 nublado, entre outras. Nas ocorrências, 466 vítimas foram mulheres e 2.022 homens. O maior índice de casos foi registrado na BR-364: 980 acidentes, correspondendo a 47% do total. As BRs 163 (23,9%) e 070 (17,5%) registraram o segundo e terceiro maior índice de acidentes, respectivamente.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.