O lixo produzido pela população indígena de Rondonópolis que mora nas Aldeias Tadarimana, Praião, Pobore e Jurique vai começar a ser recolhido nesta sexta-feira (13). O local vai contar com coleta seleta seletiva, já que os índios vão separar o lixo orgânico do seco. O orgânico será utilizado para adubar a terra. Já o seco, será recolhido pelo caminhão do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear).

De acordo com o chefe de resíduos sólidos da autarquia, Marcelo Spani, o recolhimento do lixo na área indígena não vai ter custos adicionais para a autarquia, já que vai ser um serviço prestado pelo próprio Sanear. O custo será apenas com o combustível para chegar à área indígena, que fica a cerca de 50 quilômetros de Rondonópolis.

Leia também:  Projeto Orquestra Sinfônica Jovem será reformulado e deve atender cerca de 600 crianças

Para o cacique da aldeia Tadarimana, Cícero Kudoropa, o serviço vai ser de extrema importância para a população indígena da região. “Antes não tínhamos onde jogar nosso lixo, às vezes a gente enterrava, outras vezes colocávamos fogo. Agora vai ficar bem melhor”, disse. A Tadarimana, que é a principal aldeia da região, abriga hoje cerca de 500 indígenas, que produzem mais de três toneladas de lixo por mês.

O caminhão vai passar na região uma vez por mês. Todo o lixo recolhido será encaminhado para o projeto União Cidadã Recicla Rondonópolis, realizado pela Associação Kobra, onde vai ser reaproveitado. Segundo a voluntária do Kobra, Ana Paula Beer, por mês, o projeto recebe cerca de seis toneladas de lixo reciclável. “Hoje, as pessoas que trabalham com a separação desse lixo recebem pelo trabalho que fazem. Tudo que é vendido para os sucateiros ou reciclado é remetido em uma ajuda de custo para esses trabalhadores do projeto. A expectativa deles é que possam se organizar em uma cooperativa em breve”, explicou.

Leia também:  Inscrições abertas para cursos gratuitos em Rondonópolis

Além da parceira com o projeto de reciclagem do Kobra, a coleta de lixo na aldeia Tadarimana também conta com o apoio da empresa Big Bag Brasil, que vai fornecer gratuitamente sacolas de lona para armazenar o lixo reciclável que vai ser juntado durante o mês. A primeira coleta vai ser realizada hoje, a partir de 13h.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.