Foto: Surgiu

Dezenas de pessoas morreram e se feriram após várias explosões em diferentes cidades do Iraque nesta segunda-feira (23), de acordo com autoridades policiais e médicas.

No total, 22 ataques foram realizados em 14 cidades, incluindo a capital Bagdá e vários municípios do norte do país.

Os números de mortos e feridos ainda não são definidos. A agência de notícias Reuters divulga que ao menos 89 pessoas morreram e que outras 223 estão feridas. A France Presse, por sua vez, informa que há 91 mortos e 161 feridos.

Atentados envolvendo suicidas e carros-bomba foram registrados em Bagdá, Saadiyah, Khan Beni Saad, Kirkuk, Tuz Khurmatou, Dibis entre outros. Entre as principais vítimas estão policiais e soldados.

Leia também:  Crianças da Itália terão que ter todas vacinações regularizadas para poder estudar

Um dos ataques mais mortíferos aconteceu contra uma base militar localizada a leste da cidade de Al Doloaiya, 90 quilômetros ao norte da capital iraquiana, onde pelo menos 15 soldados perderam a vida.

Carros-bomba em duas cidades ao sul de Bagdá e na cidade iraquiana de Najaf mataram ao menos 17 pessoas neste domingo (22) e feriram outras dezenas, segundo fontes da polícia e dos hospitais afirmaram às agências de notícias.

Nas últimas duas semanas houve uma trégua na violência no período que antecede o Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos, que começou no Iraque no sábado. Em junho ao menos 237 pessoas foram mortas e 603 foram feridas em ataques, o que o tornou um dos mais sangrentos meses desde que as tropas se retiraram no final do ano passado.

Leia também:  Garota é enterrada viva por duas horas após disputa por terras na Índia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.