A produção de ovos de galinha cresceu 27% no primeiro trimestre do ano, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram aproximadamente 40,3 mil dúzias ante 31,7 mil no mesmo período do ano anterior. A quantia de galinhas poedeiras também aumentou. Foram identificadas 7,4 mil cabeças no último dia do mês de março, 20,7% a mais que o contabilizado no primeiro semestre de 2011.

Nacionalmente, a produção atingiu 671,1 milhões de dúzias de ovos de galinha, representando aumento de 8,2% em relação ao mesmo período do ano passado e de 1,4% ante o quatro trimestre de 2011. São Paulo é o maior produtor, com 29,3% do total nacional. Em seguida aparece Minas Gerais, com 11,0%.

Leia também:  Embaixador da Alemanha elogia ações de combate ao desmatamento em Mato Grosso

Conforme o estudo, a região Centro-Oeste registrou a maior variação positiva (16,6%) em relação ao mesmo período de 2011. Mato Grosso é quem puxa o resultado com seus 27%. Goiás aparece em seguida com alta de 11,8% entre os períodos (passou de 32,5 mil para 36,4 mil dúzias) e, Mato Grosso do Sul soma alta de 4,5% ( de 8,2 mil em 2011 para 8,5 mil no atual). Já no Distrito Federal houve redução de 1,2% (caiu de 4.078 para 4.028).

Participaram da pesquisa 1 552 informantes. Apenas em Amapá, Tocantins e Maranhão não houve a consulta pois nestes não há estabelecimentos cadastrados que se enquadrem na metodologia do inventário.

Leia também:  Unidade Padrão Fiscal será reduzida para o mês de setembro em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.