Um avião bimotor se chocou contra uma pousada e caiu na manhã deste sábado (28) em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais. A Infraero informou que a aeronave decolou do Aeroporto da Pampulha às 7h07 com oito pessoas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, às 11h30, oito corpos já haviam sido localizados.
Na aeronave estavam o presidente da Vilma Alimentos, Domingos Costa, e o vice-presidente de Marketing e Vendas, Cesar Tavares, segundo informações da empresa. Também estavam a bordo o filho do presidente da empresa, de 13 anos, outros três gerentes regionais da companhia de alimentos, além do piloto e do copiloto.
De acordo com a assessoria da Vilma Alimentos, os executivos estavam indo para um evento da empresa na cidade. De acordo com a Infraero, a aeronave pertencia à companhia.
O avião bateu no quiosque de uma pousada e acabou caindo em uma área de difícil acesso, próxima ao aeroporto da cidade. Segundo a Polícia Militar, a aeronave explodiu ao tocar o solo. Os bombeiros informaram que no horário do acidente havia neblina na região. Pela manhã, o aeroporto da cidade operava por instrumentos.
No momento do acidente, havia quase 60 pessoas na pousada, mas ninguém ficou ferido.
Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) deve chegar a Juiz de Fora ainda neste sábado para dar início às investigações sobre as causas da queda do bimotor.

Leia também:  Detentos aprendem fazer pão francês para doação à famílias desabrigadas de Pernambuco
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.