Foto: François Lenoir/Reuters

Arrasadora. Assim foi a estreia da seleção brasileira feminina de futebol nos Jogos Olímpicos de Londres. Forte na defesa, com uma bola parada mortal e um ataque irresistível, o Brasil goleou Camarões por 5 a 0, nesta quarta-feira (25), no Millenniun Stadium, em Cardiff, no País de Gales. De quebra, a equipe comandada por Jorge Barcellos assumiu a liderança do Grupo E.

O Brasil tem os mesmos três pontos da Grã-Bretanha, que mais cedo derrotou a Nova Zelândia por 1 a 0. As anfitriãs ocupam o segundo lugar por ter pior saldo de gols.

No sábado (28), às 10h30, o Brasil enfrentará a Nova Zelândia. Depois, encerra sua participação na primeira fase diante das donas da casa no dia 31, às 15h45.

Leia também:  Agentes federais vão à Câmara para investigar possíveis crimes eleitorais

Quando a bola rolou neste começo de noite no País de Gales, a seleção brasileira soube aproveitar o esquema 5-3-2 implantado por Jorge Barcellos. Esteve forte na defesa e com saídas rápidas de bola, principalmente pela esquerda, com a ala Maurine.

Por esse lado ocorreram os dois gols brasileiros na primeira etapa. Logo aos 6min, Formiga, única jogadora da história a disputar cinco Olimpíadas, arrancou e foi derrubada no bico da grande área. Falta que a meio-campista Francielle cobrou com perfeição, por cima da barreira, abrindo o placar.

Quatro minutos depois, Francielle foi decisiva novamente. Desta vez cobrando escanteio da esquerda na cabeça de Renata Costa. A zagueira subiu sozinha e cabeceou no alto, ampliando.

Leia também:  Manifestantes vão pra frente de empresa de Ministro, mas se negam dialogar

Craque do time, Marta deu o ar da graça aos 25min, quando passou por três marcadoras e foi parada com falta, em lindo lance individual. Desta vez, a cobrança de Francielle parou na barreira. Sem forças, Camarões, estreante em Jogos Olímpicos, mal conseguiu chegar à área brasileira.

Na segunda etapa, o Brasil voltou com uma alteração: Thaisinha saiu e entrou Cristiane, que por anos formou dupla com Marta no ataque.

O entrosamento da dupla levou a seleção brasileira a construir a goleada. Aos 27min, Cristiane foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou para Marta, que foi agarrada na hora da conclusão. Pênalti cobrado com perfeição pela camisa 10.

Leia também:  Atuante

Aos 34min, a retribuição. Marta deu passe primoroso para Cristiane. A atacante driblou a goleira e mandou para o fundo da rede. Ficou fácil demais com a dupla. Aos 42min, Cristiane deixou Marta sem goleira após passar por duas marcadoras. A camisa 10 tocou sme marcação para fechar o placar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.