Uma discussão na noite deste sábado (28) entre um patrão e um ex-empregado terminou na morte de uma mulher, na Rua Belermino Barreto, 40, na Vila Facchini, região do Jabaquara, na zona sul de São Paulo.

De acordo com informações do soldado Almeida da 4º Cia do 3º Batalhão, a briga teria acontecido porque o ex-patrão de 32 anos e o ex-funcionário, de 25, não podiam se ver por ter muitas divergências, além de problemas financeiros a ser resolvidos. Os dois trabalharam juntos em um salão de beleza e também são vizinhos, segundo o irmão do ex-funcionário.

Na noite deste sábado (28), os dois discutiam na rua onde moram quando o funcionário teria dado um tapa na cara do antigo patrão, que buscou uma arma em casa e foi tirar satisfações. O ex-patrão atirou contra o funcionário, mas sua esposa, de 24 anos, se jogou na frente para defendê-lo e foi atingida no tórax.

Leia também:  Mãe usa filha de 2 anos para levar produto ilícito em presídio

A mulher foi socorrida por populares e encaminhada ao pronto socorro do Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro Saboya, mas acabou morrendo. Antes de fugir, o atirador  ainda deu coronhadas na cabeça do irmão do seu antigo funcionário, de 28 anos, que tentou evitar a fuga do atirador. O caso foi encaminhado ao 83º DP no Parque Bristol. O ex-patrão é considerado foragido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.