Ministra Maria do Rosário participa da Inauguração do Centro de Referência em Direitos Humanos do Estado Foto: Ednilson Aguiar/Secom-MT

Com o objetivo de garantir os direitos de pessoas em vulnerabilidade em Mato Grosso foi inaugurado nesta quarta-feira (18) o Centro Referência em Direitos Humanos do Estado. A faixa foi descerrada pela ministra de Direitos Humanos da presidência da República, Maria do Rosário, e pelo governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, durante a terceira edição da Caravana de Direitos Humanos pelo Brasil.

O Centro será o ponto de apoio para garantir o enfrentamento a qualquer forma de discriminalização. A ministra Maria do Rosário parabenizou a construção do espaço que hoje integra uma rede de 22 Centros de Referência no Brasil e destacou o empenho de Mato Grosso no combate a violência.

“O Centro é um símbolo do estreitamento entre o Governo Federal e Governo de Mato Grosso no esforço de assegurar a dignidade humana no Brasil. Este espaço tem o coração do tamanho do Estado e será o lugar onde serão desenvolvidas políticas públicas e ações para avançar no tema”, afirmou Maria do Rosário.

Leia também:  Governo vai recuperar perímetro urbano de rodovia em Alto Araguaia

O governador Silval Barbosa enfatizou o esforço do Estado em ser parceiro do Governo Federal para fortalecer as políticas públicas neste setor e melhorar a qualidade de vida da população. “Queremos fazer com que a cidadania plena se desenvolva em nosso governo. Temos que atender às reivindicações que chegarem neste local. Quem sentir que seu direito foi lesado encontrará apoio.”, afirmou Silval Barbosa.

A unidade ajudará a dar efetividade aos direitos humanos, segundo o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Lessa. “É importante atender quem está vulnerável e agora temos oficialmente um Centro de Referência para este fim”, afirmou Lessa.

O Centro de Referência em Direitos Humanos conta com uma estrutura de duas assistentes sociais, dois advogados e dois psicólogos que estarão aptos a atender a população de segunda a sexta-feira e está situado na Rua Pedro Celestino, no centro de Cuiabá.

Leia também:  Secid discute projeto de revitalização com igreja, prefeitura e comunidade

Caravana

Após o lançamento da terceira edição da Caravana dos Direitos Humanos pelo Brasil, a ministra da pasta, Maria do Rosário, se reuniu com o Fórum de Direitos Humanos e com o Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas para ouvir as demandas da sociedade civil. Durante a reunião foram discutidos temas como trabalho escravo, direitos fundamentais LGBT, terras indígenas e combate a exploração sexual.

Durante a reunião realizada na Igreja de São Benedito, a ministra recebeu os principais pontos de reivindicações na área de direitos humanos do Estado. “Foi uma reunião produtiva e fundamental. Decidimos, por exemplo, criar um núcleo de enfrentamento ao tráfico de pessoas em Mato Grosso”, afirmou a ministra. Após as reuniões Maria do Rosário visitou a Tenda da Cidadania localizada na Praça Alencastro, onde conheceu os trabalhos manuais realizados pelos reeducandos do Estado e outros projetos que buscam o desenvolvimento humano em Mato Grosso. A visita da ministra no Estado terminou no Colégio Presidente Médice, onde foi lançado o livro ‘Retrato da Repressão Política no Campo’, do professor da Universidade Federal de Mato Grosso, Gilney Viana.

Leia também:  Detran iniciou primeira turma de Pilotagem Segura a motociclistas na Capital
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.