Mais de dez equipes do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) estiveram nas ruas da região da grande Vila Operária para sanar os vazamentos existentes. Foram quase 300 ordens de serviço executadas, além da colaboração dos moradores que também mostraram onde havia outros vazamentos. Com isso, o Sanear conseguiu bater a meta para o mutirão deste final de semana, que era cumprir pelo menos 250 ordens de serviço.

De acordo com o encarregado técnico do setor de águas da Cooperativa Mista de Bens e Serviços de Rondonópolis (Coomser), Hermelindo Nicolau da Silva, o objetivo do mutirão era reparar todos os possíveis danos na rede de água. “Hoje, os vazamentos são os que mais causam desperdício de água no município e a nossa intenção é diminuir esse índice”, disse.

Leia também:  Projeto Mais Esporte, Mais Cidadania vai beneficiar cerca de 1.200 alunos

O trabalho foi uma parceira entre o Sanear, a Coomser e a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder). Os funcionários do Sanear e da Coomserrealizaram os consertos e logo depois, as equipes da Coder se encarregaram de fechar os buracos. “Essa parceria é importante para que a cidade não fique cheia de buracos e para que a população não corra riscos”, disse Hermelindo.

O mutirão teve início na última sexta-feira (29) e se estendeu durante todo o sábado. A região da grande Vila Operária foi apenas o início dos trabalhos, que vão seguir pelos próximos finais de semana nos demais bairros de Rondonópolis. Os moradores também podem participar informando sobre o local dos vazamentos por meio do telefone gratuito 0800 647 2442 ou pelo email da diretoria do Sanear, que é o [email protected].

Leia também:  Rondonópolis e outros seis municípios correm o risco de perder zona eleitoral
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.