Está definido o ciclo de palestras da 40ª edição da Exposul, considerada uma das maiores feiras agropecuárias de Mato Grosso e que começa dia 4 de agosto. O ciclo será desenvolvido entre os dias 6 e 10 e, neste período, serão 19 assuntos diferentes apresentados a produtores rurais, técnicos e estudantes.

De acordo com a coordenadora da comissão organizadora do ciclo, Arnely Paniago, este ano haverá relevantes temas relacionados à produção rural e o universo do agronegócio, como conservação de solo, gestão rural, manejo de pastagens, logística de armazenamento e comercialização, logística rodoferroviária, linhas de crédito e financiamento, entre outros.

Confira a programação:
dia 6 – 8h30 às 12h30
“A Experiência do Pólo Florestal do Mato Grosso do Sul”, com Ademar da Silva Junior, presidente da Comissão de Silvicultura da CNA.
“A Experiência do Estado do Tocantins”, com deputado federal Iraja Abreu (Tocatins)
“O Envolvimento do Governo Estadual no Pólo Florestal do Sul e Mato Grosso”, com Valério Gouveia, Secretário Adjunto de Indústria, Comercio e Mineração de Mato Grosso.
“Incentivos Fiscais para a Industrialização Madeireira”, com Marcos Camilo, estrategista de Incentivos Fiscais, Implantações Industriais e Projetos de Financiamentos.
“O Papel da Cooperflora no Desenvolvimento do Novo Pólo Florestal da Região Sul de Mato Grosso”, com Gilberto Goellner, presidente da Cooperflora Brasil
12h30 – intevalo para almoço
14h – Palestra sobre o recém Inaugurado “Centro de Pesquisa da Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop, com Lineu Domit e João Flávio Veloso, chefe-geral da unidade
15h – “O planejamento de um projeto de integração pecuária e floresta, com Pedro Francio, engenheiro agrônomo de Londrina (PR).

Leia também:  Marketing de B.A.T.O.M lota auditório e alerta mulheres empresárias

dia 7
7h30 – “Adubação e Manejo para Sistemas de Produção no Cerrado”, com Claudinei Kappes
8h15 – debate
8h35 – “Manejo de doenças na cultura da soja: analise do cenário atual e perspectivas futuras”, com Fabiano Siqueri
9h20 – debate
9h40 – “Mecanização Agrícola e o uso de ferramentas para gestão da variabilidade espacial”, com Leandro Gimenez
10h25 – debate
10h45 – encerramento
13h30 – Temperamento: qual a influência sobre a reprodução dos animais?, com pesquisadora Paola Moretti Rueda

dia 8
7h30 às 11h – manejo racional de bovinos de corte – O bem estar na fazenda, com zootecnista Murilo Quintiliano
13h30 às 17h30 – Vantagens do confinamento

dia 9
8h30 – O setor sementeiro no Estado de Mato Grosso e Brasil, com Pierre J. M. Patriat & Andréia B. Santos
9h30 – intervalo
10h – “Nematóides” – desafios, com Tânia Santos
13h30 às 17h – “Cenário Atual da Suinocultura”, custódio Rodrigues de Castro Júnior – diretor executivo da ACRISMAT

Leia também:  Prefeito afirma que a cidade terá decoração de Natal

dia 10 – seminário Aprosoja
9h às 12h – abertura:
Carlos Fávaro – Presidente da Aprosoja e do Movimento Pró-Logística
ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres
ALL – América Latina Logística
DNIT – Superintendência Regional no Estado de MT
Luiz Antonio Ehret Garcia – Superintendente
SINFRA (STPU) – Sec. de Infraestrutura (Sec. de Transporte e Pavimentação Urbana)
Arnaldo Alves de Souza – Secretário de Estado
Debate e Encerramento
Debatedores:
Rui Prado – Presidente da FAMATO
Homero Pereira – Dep. Federal e Presidente da Frente Parlamentar de Logística
Wellington Fagundes – Deputado Federal por Mato Grosso
14h- “Contribuição Sindical Rural” – Hiram Franceschini – Famato
15h – “Arrecadação do Senar”- Dolor Vilela – Senar
16h – “Caracterização e Oportunidades para o Agro na Região Sul do Estado” – Seneri Paludo – Famato

Leia também:  Pátio reconhece problema, mas nega fechamento da Coder

A  Exposul deste ano terá leilões, rodeios, provas hípicas e automobilísticas, sorteios de seis carros e duas caminhonetes, além de shows artísticos de Chitãozinho e Xoxoró (na abertura), Jorge e Matheus (5), Bruna Viola (8), João Carreiro e Capataz (9), Marcos e Belluti (10), Gino e Geno (11) e Ouro Branco e Gabriel, Paulo Mafra e Túlio Viola, além de Eder e Cícero viola, estes últimos no dia 12, em uma encontro de artistas regionais. Nos dias 6 e 7 haverá shows evangélico e católico.

Opassaporte que permitirá ao visitante acompanhar toda a programação oficial e concorrer aos prêmios custará R$ 100. Já os ingressos individuais para cada noite custará R$ 40, com exceção do dia 5, que será R$ 60. Nos dias 6 e 7, os portões serão abertos.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.