Nesta quarta-feira (25) Dia do Motorista, a Polícia Rodoviária Federal em parceria com o FETTREMAT (Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Mato Grosso) e o SINDMAT (Sindicato de Transportadoras do Estado de Mato Grosso) realizam desde a manhã uma campanha educativa aos caminhoneiros que passam pelo Posto Rodoviário da BR-364 em Rondonópolis.
Segundo o PRF José Hélio, os motoristas são convidados a participar das palestras e tirar as dúvidas. “Eles ainda estão pouco informados sobre a lei 12.619/2012 que regulamenta o limite máximo de horas que podem rodar” afirma Hélio.
Gilvando Alves de Leme, diretor executivo do SINDMAT, diz que o principal objetivo desta campanha é mostrar aos trabalhadores a importância da Lei, que deve ser cumprida tanto pelos empregados quanto pelos autônomos, Já que são os próprios trabalhadores que fazem a marcação das horas.
O motorista Cleber Ferreira aponta esta limitação de horas como positiva, pois esse horário pode ser usado tanto para descanso quanto para uma conversa com os colegas o que influência na saúde de todos.

Leia também:  Inscrições para 1° Duathlon Rondon estão abertas até 15 de maio
Foto: AgoraMT

Com a regulamentação da profissão de motorista, segundo a Lei 12.619/2012, o profissional deve cumprir determinadas regras de horários. A cada 4 horas de jornada é obrigatório uma pausa de 30 minutos; só são admitidas duas horas extras no máximo, de um total de 11 horas a cada jornada de oito, e 35 horas de descanso semanal remunerado. O motorista que não cumprir Pode levar multa de R$127,69 e perder 5 pontos na carteira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.