O trabalho de formatação da Rota Turística Internacional “Pantanal, Amazônia, Andes e Pacífico”, acontece hoje (18), no Sebrae/MT, em Cuiabá, a apresentação do plano de trabalho, a definição dos territórios envolvidos e a indicação dos representantes dos Estados envolvidos no Comitê Gestor da Rota Turística.

A iniciativa que começou há meses por representantes dos órgãos oficiais de Turismo dos Estados do Acre, Rondônia e Mato Grosso, dos Sebrae’s e a empresa Trip Linhas Áreas, começa a se consolidar.

A secretária de Desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso, Teté Bezerra, frisa que a primeira ação foi firmar o Termo de Cooperação Técnica entre os envolvidos, com isso, mapear todo o Programa de Regionalização do Turismo, dentre eles a diversificação da oferta e a necessidade de se definir estratégias integradas para a inserção de produtos diferenciados nos mercados nacional e internacional.

Leia também:  Corpos de casal e menino de 1 ano são encontrados em destroços de avião

“Para poder vender os três Estados numa única rota é preciso formatar os produtos turísticos já consolidados. Nosso objetivo é solidificar um produto rentável e comercialmente viável com foco na roteirização turística integrada e na segmentação”, disse ela.

O consultor do Sebrae, Yure Lobo, define que o objetivo do seu trabalho in loco é o alinhamento estratégico bem como a definição de quesitos importantes para o andamento dos trabalhos previstos. “Durante dez dias vamos conhecer o que Mato Grosso tem para vender e associar na nossa pesquisa”, completa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.