07 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Cidades Cuiabá Governo lança programa 'Escola Segura'

    Governo lança programa ‘Escola Segura’

    Imagem: escola segura Governo lança programa 'Escola Segura'O governo de Mato Grosso promoverá, na terça-feira (17), o lançamento do programa “Escola Segura”. O evento, organizado pelas Secretarias de Estado de Educação (Seduc), de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e de Segurança Pública (Sesp), ocorrerá às 8h30, no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Antonio Cesário Neto, em Cuiabá.

    O programa integra as ações do ‘Pacto Estadual de Enfrentamento às Drogas”, que é desenvolvido pelo Estado na prevenção à violência, ao uso e tráfico de drogas nas escolas e entorno. O “Escola Segura” também faz parte do programa ‘Paz na Escola”, lançado pela Seduc em 2011, com a realização de 24 Fóruns de discussão da temática com as comunidades escolares e instituições.

    Entre as ações propostas pelo “Paz na Escola” e implantadas em 2012, está a efetivação dos Fóruns Municipais Permanentes. Os fóruns de Cuiabá e Várzea Grande já foram instalados e contam com a participação de representantes das secretarias de Estado, Poder Judiciário, Legislativo, Polícias Militar e Civil, unidades escolares e sociedade civil.

    Por meio do “Paz na Escola”, a Seduc também implantou em parceria com a Sesp uma Assessoria de Segurança Escolar, com o objetivo de atuar na coordenação das ações de combate e prevenção à violência no contexto das unidades escolares. A assessoria tem como responsável o major da Polícia Militar, James Ferreira.

    Investimento
    Para atendimento das demandas de segurança apresentadas pelas unidades escolares, a Seduc assegurou este ano cerca de R$ 500 mil para investimentos em 40 unidades que apresentaram problemas relacionados à violência. O Estado tem feito repasses de R$ 14.500 de verbas emergenciais para cada uma dessas unidades localizadas em comunidades com alto índice de vulnerabilidade.

    Servidores da Coordenadoria de Projetos Educativos da Seduc, responsável pelo “Paz na Escola” destacam que a verba é destinada à colocação de câmeras de monitoramente na área interna das unidades, ampliação e reforço de muros, entre outros. Seduc e parceiros também deverão lançar este ano uma cartilha com dicas e instruções para auxiliar aos profissionais da Educação, mediante situações de violência.

     

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS