Jogo terminou empatado em 1 a 1

Se os dez clubes que disputaram o Campeonato Mato-grossense da Primeira Divisão deste ano querem a ajuda de R$ 2 milhões por parte do governo do Estado vão ter que fazer jus ao repasse. Apesar de aprovado na Assembleia Legislativa no mês de março, o projeto de lei que garante o reforço financeiro aos times envolvidos na disputa foi vetado pelo governador Silval Barbosa (PMDB). Portanto, os dirigentes terão que se virar para cobrir o rombo provocado pelo possível “calote” governamental.

Advertisements
Leia também:  Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.