O Juiz Anderson Junqueira, titular da 30ª zona Eleitoral com sede no município de Agua Boa, aplicou uma pesquisa de opinião entre os representantes de partidos políticos do município para avaliar a confiança da classe na atuação da Justiça Eleitoral. O questionário foi aplicado em uma das reuniões realizadas pelo Cartório Eleitoral com os representantes partidários. O resultando apontou que 92% dos envolvidos com as eleições confiam na atuação da Justiça Eleitoral. 2% dos entrevistados não tiveram a mesma opinião da maioria e 6% dos participantes não responderam à pergunta.
A iniciativa do magistrado teve como objetivo o ajuste na condução do processo eleitoral, já que as eleições de 2010 também estiveram sob sua responsabilidade. ‘Só conseguimos corrigir nossos erros quando enfrentamos a realidade dos fatos. E o questionário foi aplicado com essa intenção, de conhecer a real opinião dos nossos clientes”, comentou o Juiz, que determinou também a aplicação do questionário em vários bairros da cidade para conhecer assim a opinião dos cidadãos de Água Boa sobre a Justiça Eleitoral.

Leia também:  Grupos recebem melhoria na qualidade vida através da hidroginástica

A pesquisa também perguntou qual a avaliação dos políticos em relação à atuação da Justiça Eleitoral. 82% responderam ótimo/bom e 18% avaliaram a atuação como regular. No mesmo sentido, foi perguntado qual seria a avaliação do atendimento do Cartório Eleitoral. 99% sinalizaram com ótimo/bom e 1% não respondeu a pergunta.

A atuação profissional do Juiz e do Promotor eleitoral também listou entre os itens avaliados. O resultado obtido apontou que 91% dos entrevistados avaliaram a atuação do Juiz como ótima/boa e 9% apontaram uma atuação regular.

A atuação do ministério Público, hoje sob responsabilidade do promotor Leandro Volochko, teve um índice de 78% entre ótimo/bom, 18% avaliaram como regular e 2% apontou como ruim.

Leia também:  Câmara de Itiquira rejeita aumento de valores do ITBI

O questionário também levantou quais as principais sugestões para as eleições municipais desse ano. As propostas estão sendo analisadas pelo Cartório Eleitoral e, havendo viabilidade, serão aplicadas ainda no pleito de 7 de outubro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.