Mato Grosso lidera a relação dos Estados com maiores aquisições de couro inteiro de bovino no primeiro trimestre deste ano, atingindo pouco mais de 1,5 milhão de unidades. A quantidade corresponde a 18,4% do total adquirido de couro inteiro no país, que foi de 8,4 milhões de unidade.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e apontam que, nacionalmente, houve a queda de 3,9% na quantidade de aquisição no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado e aumento de 0,5% em relação ao quarto trimestre de 2011.

A aquisição de couro se manteve crescente em todos os meses do primeiro trimestre. Conforme a pesquisa, 26,9% de todo o produto adquirido foi recebido para a prestação de serviços de curtimento a terceiros. A grande maioria do couro teve origem de matadouros frigoríficos (63,0%) e apenas 7,2%, de intermediários ou salgadores. O residual teve origem de matadouros municipais, outros curtumes e outras origens.

Leia também:  BNDES abre linha de crédito para pequenas empresas atuarem na China

Além de Mato Grosso, se destacam também São Paulo (12,7%) e Rio Grande do Sul (10,3%). Para a pesquisa, houve a participação de 130 informantes, com exceção de Amazonas, Amapá, Rio Grande do Norte, Paraíba, Rio de Janeiro e Distrito Federal, onde não há informantes cadastrados.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.