O presidente do México, Felipe Calderón, felicitou neste domingo (1º, horário local) o candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Enrique Peña Nieto, pela vitória nas eleições presidenciais, prevista por uma autoridade eleitoral, e manifestou sua mais “absoluta disposição” para que se dê uma transição ordenada, transparente e eficaz.

Em mensagem à nação depois da divulgação dos resultados da contagem prévia realizada pelo Instituto Federal Eleitoral (IFE), o líder mexicano, do Partido da Ação Nacional (PAN), manifestou sua mais sincera felicitação a Peña Nieto por sua vitória.

alderón também pediu aos mexicanos que deem seu apoio ao próximo chefe do Executivo e para que a próxima administração comece em 1º de dezembro nas melhores condições.

Leia também:  França em número recorde elege 233 mulheres para a política

O próximo governo, que vai representar o retorno do PRI ao governo após dois períodos de seis anos nas mãos do PAN, contará com as sólidas bases que conseguiram construir nos últimos anos, disse o presidente.

Calderón destacou que seu governo acatará todas as decisões da autoridade eleitoral e dará todo seu apoio para que o processo eleitoral conclua sem contratempos.

“As eleições foram realizadas em um clima de paz e tranquilidade na maior parte do país”, afirmou o presidente, assegurando que trabalhará até o último dia de seu mandato para que a situação do México melhore. O mandato terá duração de seis anos, e a eleiçao também também renova as duas câmaras do Congresso.

Leia também:  Jovem consegue se casar com senhora de 73 anos após ameaças de suicídio

Vitória prevista
O candidato do PRI já havia se declarado vencedor das eleições presidenciais, seguindo uma amostra de atas de votação elaborada pelo órgão reitor do pleito. Mais cedo, uma pesquisa de boca de urna divulgada pela rede de TV Milenio indicava o mesmo resutado.

Segundo a amostra de quase 7,5 mil atas, Peña Nieto obteve entre 37,93% e 38,55% dos votos, anunciou o presidente do IFE, Leonardo Valdés, em mensagem em rede nacional. De acordo com esses dados, o candidato da esquerda mexicana, Andrés Manuel López Obrador, obteve entre 30,9% e 31,86% dos votos. Em terceiro lugar ficou a candidata do governante Partido Ação Nacional (PAN), Josefina Vázquez Mota, que conseguiu entre 25,10% e 26,03%.

Leia também:  Donald Trump elogia combate às drogas feito pelo presidente das Filipinas Duterte
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.