Uma equipe policial foi mobilizada com base em informações que davam conta da chegada de maconha na região,  barreiras com cães farejadores  foram montadas para fiscalizar caminhões, ônibus e vans que chegavam na cidade durante a madrugada de segunda(16) para terça-feira (17). O trabalho resultou em duas prisões em flagrante por tráfico e um termo circunstanciado por posse e uso de substância entorpecente.

 

No primeiro caso, duas mulheres e um homem que embarcaram num ônibus em Nova Andradina (MS) com destino à Cuiabá estavam transportando na  bagagem 37,5 quilos de maconha espalhadas entre suas malas de mão e de porão. O homem afirmou que receberia R$ 100 por quilo transportado e que as mulheres eram suas primas. No ônibus também foi encontrado um professor de Cuiabá com um cigarro de maconha e evidentes sinais de ter feito uso recente daquela droga.

Leia também:  Motorista é preso com mais de R$ 22 mil escondidos dentro da calça em MT

 

Durante a operação a polícia abordou uma mulher que portava 26,6 quilos de maconha. Ela afirmou não conhecer a pessoa para quem teria que entregar o entorpecente, mas que havia sido contratada em Campo Grande/MS e receberia R$ 2.000 no ato da entrega. Os quatro traficantes permanecem presos e à disposição da Justiça, enquanto o professor vai responder o processo em liberdade, tendo assinado o compromisso de comparecer quando solicitado no Fórum.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.