O goleiro Rafael, do Santos, foi cortado nesta terça-feira (24) dos Jogos Olímpicos de Londres. O jogador lesionou o cotovelo durante um treinamento e não defenderá a seleção brasileira na Olimpíada.

Muito abatido, o goleiro explicou que se chocou com um boneco usado para marcar a grande área durante um treino de cruzamentos, e agora a seleção tem Neto como titular.

“São coisas que nos deixam tristes, que magoam. Creio que lá na frente vou entender o que acontece. Isso aconteceu uma vez no Santos, quando eu ia estrear no profissional e quebrei a perna. Mas quando voltei, virei titular e o time fazia uma boa campanha”.

O diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez, anunciou que o goleiro Gabriel, do Milan, substituirá o titular no elenco e já está treinando com os jogadores no Reino Unido.

Leia também:  Dia de Finados movimenta comércio de flores em cemitério de Rondonópolis

O médico da seleção, José Luiz Runco,  disse que foi encontrada uma lesão óssea, que demandaria necessariamente descanso. O corte do Rafael aconteceu para evitar complicar a vida de Mano Menezes durante a Olimpíada. Mesmo fora, Rafael tratou de incentivar os jogadores que tentarão o inédito ouro.

“O Brasil tem grandes goleiros e uma grande equipe, que pode ser campeã olímpica”.

O goleiro santista ainda explicou a fatalidade da lesão no cotovelo.

“A gente estava fazendo trabalho de cruzamento, só com os goleiros. A gente coloca uns bonecos para fazer o treinamento, eu acabei me chocando com um deles, foi uma fatalidade”.

Foto: Lance
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.