O Senado deve votar nesta segunda-feira (9) o projeto de lei que reserva 50% das vagas em universidades federais para alunos que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas. Caso seja aprovada, a matéria segue para sanção da presidenta Dilma Rousseff. De acordo com o texto, as vagas destinadas aos cotistas serão preenchidas segundo a proporção de negros, pardos e índios na população de cada estado onde funciona a instituição de ensino. Os dados étnicos estarão baseados no censo de 2010 do IBGE. O resto das vagas reservadas será distribuído entre os demais alunos que fizeram o ensino médio em escola pública. Ainda segundo o projeto, pelo menos metade das vagas reservadas – ou seja, 25% do total – deverão ser ocupadas por estudantes de estabelecimentos públicos oriundos de famílias com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita.

Leia também:  Governo faz mudanças em cargos e nomeia general para presidência interina da Funai
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.