Em depoimento, Paulo Moussalem nega a autoria do crime – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Paulo Eduardo Moussalem (30), conhecido pelo apelido de “Pancada” prestou depoimento ao delegado Henrique Meneguelo na manhã desta sexta-feira (06/07), no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), em Rondonópolis. Paulo é suspeito da morte do agente prisional Márcio José Oliveira (32) em setembro de 2010. Em depoimento, Paulo nega a autoria do homicídio. Já o delegado Henrique disse que há provas de testemunhas contra Paulo.

Paulo foi encaminhado para Rondonópolis onde deveria ter sido apresentado nesta quinta-feira (05/07). “Paulo não se apresentou anteriormente em virtude das ameaças que recebia, da repercussão social do caso e do temor de ser morto na Penitenciária da Mata Grande”, revela o advogado de Paulo, Jean Cleto.

Leia também:  Jovem acusada de matar namorado é procurada pela polícia em MT

Paulo Moussalem será encaminhado para a Penitenciária Major Eldo de Sá Correa, a “Mata Grande”. O irmão de Paulo, Flavio Moussalem, disse que a família do suspeito vai pedir a transferência dele do Presídio. “A irmã de Márcio, que também é agente prisional está a espera de braços abertos por Paulo Moussalem”, fala.

Matéria relacionada:

Operação conjunta prende acusado de matar agente penitenciário de Rondonópolis

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.