Segundo o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TRE-MT), desembargador Rui Ramos a paralisação dos servidores da Justiça Eleitoral no estado pode afetar as eleições municipais deste ano e, principalmente, o registro das candidaturas. Isso porque dos 270 servidores do TRE, conforme o sindicato, 230 aderiram ao movimento grevista.

Rui Ramos avalia que poderá haver problemas no trâmite administrativo para que o calendário eleitoral seja cumprido como previsto. O sindicato tem por objetivo evitar os registros e chamar a atenção para reivindicações, como o reajuste salarial (por estar há seis anos com os honorários congelados) e também solicita o arquivamento da CL549/2009, que proíbe reajustes congelando os salários da classe por 10 anos.

Leia também:  "Falar de política não está fácil", confessa dirigente do Solidariedade

De acordo com Pedro Aparecido de Souza, presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado do Mato Grosso (Sindijufe), a greve dos servidores começou no dia 21 de junho, atinge 30 cartórios e 85% dos servidores.

O presidente do TRE-MT, Rui Ramos, ressaltou, durante entrevista, que está tomando todas as medidas para que a situação não se transforme em “caos”. Segundo ele, servidores do órgão estão sendo enviados para cartórios do interior na tentativa de amenizar o problema.

No entanto, como forma de protesto, servidores começaram na noite desta quarta-feira a montar acampamento em frente ao Tribunal Regional Eleitoral, em Cuiabá. A intenção é permanecerem até às 19h desta quinta (5), quando encerra o prazo para o registro de candidatura.

Leia também:  Assembleia realiza audiência pública para debater novo prédio da Politec

No final da tarde de quarta-feira, o TRE-MT divulgou um balanço parcial apontando que 155 candidatos em Mato Grosso (prefeito, vice e vereador) apresentaram, até o momento, o pedido de registro de candidatura à Justiça eleitoral.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.