Acadêmicos da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) campus de Alta Araguaia fazem nesta terça-feira (3), das 11h às 17h, um protesto quanto a possível mudança da unidade para Rondonópolis. Os manifestantes prometem fechar a BR-364 e ainda farão um cordão humano e abraçarão o campus.

A luta dos acadêmicos é pela não retirada do campus de Alto Araguaia, que oferece os cursos de ciências da computação, letras e comunicação social com habilitação em jornalismo e atende estudantes de Araguainha, Ponte Branca, Riberãozinho, Alto Taquari, Alto Garças, além de atender também o município de Santa Rita do Araguaia (GO).

Segundo o advogado Alcir Oliveira, que apoia a causa dos acadêmicos, historicamente não existem casos semelhantes a este no Brasil. “Essa será a primeira vez na história do Brasil que um campus de universidade é fechado em uma cidade para abrir em outra. Isso é um absurdo, é privar os cidadãos do acesso à educação que é um direito constitucional”, protesta.

Leia também:  Mais de 4 mil pessoas já foram atendidas no projeto Sábado Social

Para o advogado que “vestiu a camisa” em protesto ao sistema educacional, falta a devida divulgação dos cursos, falta investimento e falta comprometimento com a sociedade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.