Sensibilizado pela situação que se encontram os pescadores da Colônia Z-3, o vereador Adonias Fernandes (PMDB) apresenta na sessão legislativa de amanhã, 08/08, indicação ao governador Silval Barbosa (PMDB) solicitando que o mandatário reveja sua sanção à lei 9791/2012, concedida no dia 30 de julho último, de autoria do deputado estadual Zeca Viana (PT).

O vereador rondonopolitano, que se fez presente ao ato de protesto dos pescadores, realizado ontem, na Rodovia do Peixe, classifica essa lei do deputado petista como exagerada, “porque proíbe todo e qualquer tipo de pesca, pelo período de três anos. É muito tempo”, diz ele, acrescentando que essa proibição pode ser reduzida, sem que a fauna piscosa seja prejudicada. “ A diminuição da proibição,  vai evitar que os pescadores que dependem da atividade para sustentar suas famílias, fiquem sem poder trabalhar e evita o surgimento de um amplo problema social”.

Leia também:  Pátio reconhece problema, mas nega fechamento da Coder

Adonias Fernandes colocou ainda ao governador, que a atividade também é praticada pelo cidadão comum, que encontra nela a oportunidade de extravasar suas tensões diárias, bem como de servir de mecanismo de socialização, uma vez que proporciona a reunião de famílias e amigos na tradicional pescaria de final de semana.

Ao finalizar sua indicação, o parlamentar lembrou também que, “tanto os pescadores da Colônia Z-3, como os eventuais, são observadores das leis ambientais e de preservação, possuindo ainda a devida habilitação para essa atividade. Acreditamos, senhor Governador, que a referida lei, recentemente aprovada por V.Excia., deveria penalizar, somente, os pescadores que ultrapassam os limites permitidos por lei, causando com isso, frequentemente, a devastação de nossa fauna piscosa; os quais deveriam merecer maior atenção por parte de equipes fiscalizadoras”.

Leia também:  Setrat atende indicação de vereador e sinaliza ruas do Jardim Serra Dourada

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.