Durante debate promovido pelo site UOL e pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira (15), a candidata do PPS à Prefeitura de São Paulo, Soninha Francine, defendeu, entre outras medidas polêmicas, a venda legal da maconha em comércio regularizado, como bares.

Segundo ela, a maconha deveria ser vendida como cerveja. “No bar, não se vende muita droga?”, questionou.

A candidata afirmou que é preciso trazer esse comércio para o “mundo da legalidade” e tirar das mãos de organizações criminosas, como o PCC.

“A gente está trocando tiros para impedir que as pessoas fumem, e elas fumam”, disse a candidata.

Advertisements
Leia também:  PMDB projeta eleger cinco estaduais em 2018

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.