Divulgação
Já que o sertanejo mais animadinho está fazendo sucesso, Chitãozinho & Xororó, uma das duplas mais importantes do gênero de raiz, também embarca nessa mania. Eles chamaram Fernando e Sorocaba para darem dicas para renovar o som deles.

No entanto, segundo Chitão, os irmãos garantem que não se uniram aos mais novos para pensando no sucesso comercial.

— [A mudança] Não é preocupação com mercado, é uma realização pessoal. Isso anima a gente para continuar com o pé na estrada. Claro que acaba vendendo, pois é o que o público está ouvindo agora, mas o nosso ideal é cantar com novos arranjos e dar aquela vontade de botar o pé na estrada.

Leia também:  MC Livinho se defende de críticas a música que fala em 'abusar dessa mina': 'Mimimi'

Xororó faz coro ao discurso do segunda voz e defende o trabalho sério e inquestionável que eles fizeram há mais de 40 anos.

— A gente nunca pensou em fazer algo comercial. Parece até bobagem dizer, mas nunca foi assim mesmo. Sempre quisemos fazer nosso trabalho com bastante qualidade e seriedade e o resultado vem sempre depois de um bom trabalho. Essa vontade de renovar já vem de muitos anos.

Apesar de ir contra grande parte dos sertanejos mais antigos que condenam as temáticas e arranjos pop das novas músicas, Xororó deixa claro: não está traindo o sertanejo.

— Percebemos que a música sertaneja estava partindo para um novo rumo e isso era importante para o segmento. A gente já não precisa provar mais nada para ninguém. A gente sempre teve essa coisa de renovar uns arranjos, colocar guitarras… mas com a preocupação de não perder a raiz, da viola e da sanfona, como sempre teve.

Leia também:  Jota Quest libera mais duas faixas de disco acústico que sai em setembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.