Um funcionário da Subprefeitura do Campo Limpo, na Zona Sul da capital paulista, foi morto na noite desta quinta-feira (16). Ele chegava para uma reunião no comitê político de um candidato a vereador quando levou três tiros. Para a polícia, trata-se de uma execução.

O criminoso disparou no momento em que o coordenador de Habitação da Subprefeitura do Campo Limpo, Orlando Acássio Ferreira, de 54 anos, chegava ao comitê do vereador Antônio Carlos Rodrigues (PR), ex-presidente da Câmara Municipal, que fica na Estrada de Itapecerica. Cerca de 30 pessoas aguardavam o começo da reunião.

O porteiro de um prédio vizinho ao imóvel onde acontecia o encontro chegou a conversar com o suspeito. Ele estava de moto e disse que não iria demorar. Após os disparos, ele fugiu.

Leia também:  População carcerária feminina cresce 700% em dezesseis anos no Brasil

As imagens de uma câmera de segurança de uma escola profissionalizante que fica em cima do comitê serão usadas para tentar identificar o suspeito.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.