O governo federal lançou nesta quarta-feira (15), durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, o Programa de Investimentos em Logística, que irá conceder à iniciativa privada a concessão de rodovias e ferrovias brasileiras.

Ao todo, o governo pretende investir R$ 133 bilhões no setor. Do total programado, R$ 42,5 bilhões devem ser aplicados na duplicação de aproximadamente em 7,5 mil quilômetros de rodovias no país. O trecho entre o município de Sinop e Campo Grande, em Mato grosso do Sul, está incluso o pacote.

Os outros R$ 91 bilhões serão aplicados na reforma e construção de 10 mil quilômetros de ferrovias.  Em Mato Grosso os investimentos serão destinados aos trilhos da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), no município de Lucas do Rio Verde até a divisa com o Estado de Goiás.

Leia também:  Paraná monta esquema de segurança para depoimento de Lula a Sérgio Moro

Para o governador Silval Barbosa, que também participou da cerimônia, os investimentos irão suprir parte das urgências que o Estado tem em relação à logística de transporte.

O governador afirmou ainda que os recursos destinados a Mato Grosso são fruto de diversas audiências entre ele, o ministro e a bancada federal. “O papel da bancada federal foi fundamental para elencar as obras prioritárias no Estado. O deputado federal Wellington Fagundes foi um articular importante. Hoje os resultados são concretos”, explicou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.