O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania e do Consumidor de Campo Verde, promove nesta terça-feira, às 19h, audiência pública do projeto ‘Jornada da Inclusão’. O evento ocorrerá no Centro de Atendimento do Idoso. O objetivo da iniciativa é contribuir para a conscientização e redução da violência praticada contra pessoas idosas e com deficiência.

De acordo com a programação, serão proferidas palestras sobre os direitos da pessoa com deficiência, Estatuto do Idoso, rede de proteção, entre outros temas. O promotor de Justiça Marcelo dos Santos Alves Corrêa vai apresentar as ações previstas e os objetivos a serem alcançados com o projeto ‘Jornada da Inclusão’, no município de Campo Verde.

Leia também:  Membros do Conselho Estadual de Cultura tomam posse nesta quarta-feira

Segundo ele, desde o dia 21 de agosto estão sendo promovidas atividades alusivas à ‘Semana Nacional da Pessoa com Deficiência’ no município. Foram realizadas apresentações do teatro ‘Jesus é o Caminho’ e a ‘Turma do Chaves’ na APAE e em vários estabelecimentos de ensino.

O projeto ‘Jornada da Inclusão’ foi idealizado pela Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor. Segundo o procurador de Justiça Edmilson da Costa Pereira, a proposta é fazer com que a sociedade, setores governamentais e não governamentais discutam a temática. Além de reuniões com autoridades locais, o Ministério Público vem realizando audiências públicas para fortalecimento de uma rede de proteção à pessoa idosa e com deficiência.

Leia também:  Governo do Estado inaugura escola do modelo Tiradentes em Confresa

“Pretendemos, por meio da interação comunitária, fortalecer a criação de uma rede de proteção a essas pessoas. Para isso, o primeiro passo será a sensibilização da comunidade sobre a importância da implantação e funcionamento dos conselhos municipais”, afirmou o procurador de Justiça.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.