A coleta dos pneus é feita por 12 reeducandos da Mata Grande. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

A retirada dos pneus que estavam armazenados no Lixão Municipal, localizado ao lado da Penitenciária Eldo Sá Corrêa, a Mata Grande, está chegando à reta final. Até agora, 38 carretas carregadas de pneus já foram retiradas, o que corresponde a mais de 90 mil pneus usados e restos de borracha.

O Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) se comprometeu a dar a destinação correta para os pneus que estavam armazenados no local. Desde então, a ReciclaNip, responsável pela destinação correta do material, está fazendo o recolhimento dos pneus e enviando-os para diversos locais de reciclagem do Brasil, entre eles, a usina Votorantim, localizada no município de Nobres (MT).

De acordo com o chefe do Setor de Resíduos sólidos do Sanear, Marcelo Spani, cerca de 90% dos pneus que estavam armazenados no Lixão já foram retirados. “Só vamos parar depois que não houver mais nenhum pneu no Lixão da Mata Grande”, afirmou.

Leia também:  Lojas já retiraram os kits para decoração

O Sanear também firmou uma parceria com a Polícia Militar (PM) e o Setor de Operações Especiais (SOE) da Penitenciária da Mata Grande, que está fornecendo mão-de-obra. Em torno de 12 reeducandos estão trabalhando no carregamento dos caminhões.

A parceria é importante para os reeducandos, já que os que apresentam bom comportamento podem trabalhar e assim diminuir a pena. A cada três dias trabalhados, eles ganham um dia a menos na Penitenciária. Para o reeducando Zózimo Fernandes, participar da ação é uma forma de corrigir a conduta perante a sociedade. “Para mim, é uma grande honra fazer esse serviço. É uma oportunidade de contribuir com a comunidade e um caminho mais curto para conseguir um emprego quando eu sair daqui. Além do que estamos contribuindo para o meio ambiente”, disse.

Leia também:  Quantidade de blitz e apreensão de veículos irregulares geram insatisfações em rondonopolitanos

Atualmente, o Lixão Municipal não recebe mais pneus usados. A destinação do material agora está sendo feita na Cooperativa de Pneus de Rondonópolis (Coorep), localizada na MT 130.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.