Fora do jogo contra o Getafe, neste domingo, uma vez que não foi relacionado por José Mourinho, Kaká tem até sexta-feira para decidir seu destino. Sem espaço no Real Madrid – o meia também não enfrentou o Barcelona, na última quinta -, o brasileiro vê suas opções cada vez mais reduzidas. No entanto, o Milan, que havia desistido oficialmente da negociação na última semana, parece que tentará uma última cartada.
De acordo com o jornal italiano “Gazzetta Dello Sport”, o presidente rossonero, Adriano Galliani, se encontrará novamente com o mandatário do Real Madrid, Florentino Perez, na capital espanhola, na próxima quarta-feira, a dois dias do fechamento da janela de transferências na Europa.
Para o site “Media Set”, o Milan ainda deseja convencer os espanhóis a cederem o camisa 8 por empréstimo. Recentemente, o Real deixou claro que só aceita vendê-lo por um valor a partir de € 20 milhões (quase R$ 50 milhões). O entrave para a negociação seria o alto salário do brasileiro.
– Kaká está melhor preparado do que eu para responder sobre seu futuro, e se não vem aqui (sala de imprensa) é porque não quer. Ele sabe quais são suas intenções e ambições – disse o técnico José Mourinho, em entrevista coletiva neste sábado.
Galatasaray desiste do brasileiro
Outro interessado no futebol de Kaká, o Galatasaray saiu oficialmente na disputa. O presidente do clube turco, Unal Aysal, que havia dito na semana passada que tinha dinheiro em caixa para contratar o brasileiro, voltou atrás e afirmou que a contratação do meia do Real Madrid não é necessária para a equipe neste momento.
– O que o Kaká realmente faria aqui? Nós realmente necessitamos dele? Vamos trabalhar em coordenação com (o técnico) Fatih Terim para trazer jogadores importantes para o time – disse Unal Aysal, revelando que a prioridade do Galatasaray no momento é um lateral-esquerdo.

Leia também:  Cuiabá Arsenal faz vaquinha para viajar à semifinal no Nordeste
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.