O candidato a prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS) da coligação “A Força da Gente” (PPS, PSDB, PSB, PDT, DEM, PV, PSD e PSC) teve a sua candidatura deferida, assim como o seu vice Rogério Salles (PSDB). Percival foi o último candidato a prefeito a ter o seu pedido julgado, já que a juíza responsável pela análise de sua candidatura, Jaqueline Cherulli, teve que ser substituída após pedir afastamento do cargo.

Quem assumiu o seu lugar foi à juíza da 46ª Zona Eleitoral, Milene Aparecida Pereira Beltramin, que após análise aceitou o pedido de candidatura de Percival. A decisão da juíza que saiu no domingo, mostra que os candidatos haviam cumprido todas as exigências previstas na legislação eleitoral.

Leia também:  Enem já alcançou cerca de 2 milhões de inscritos em todo o país

Com a sentença da juíza Milene, Percival e seu vice Rogério Salles estão liberandos para concorrerem a uma vaga na prefeitura de Rondonópolis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.