O pedreiro Vagner Soares Barbosa (21), conhecido pelo apelido de “Perninha”, foi preso pela Polícia Militar (PM), na noite desta quinta-feira (02/08), pela suspeita de ser o autor do crime de roubo da moto da professora V.A.C. (34) que ocorreu na tarde desta quarta-feira (01/08), no bairro Jardim Vera Cruz. De acordo com a Polícia Militar (PM), Vagner confessou ter abordado a vítima em frente a um colégio. A mulher V.A.C. reconheceu o suspeito preso como autor do crime.

A guarnição do serviço de inteligência da PM realizou investigações para prender o autor do roubo. A vítima tinha informado a PM que o suspeito era alto, magro, de cor parda, tinha uma cicatriz na barriga (onde o suspeito disse aos policiais que era proveniente de armas de fogo), e possuía uma tatuagem no braço esquerdo onde estava escrito a frase “Deus é Fiel”. A Professora também havia falado que enquanto estava com o suspeito havia passado próximo à ponte do bairro Vila Mineira, no bairro Vila União.

Leia também:  Criminosos fazem três assaltos seguidos e são presos no Jardim Adriana

A PM foi até a casa de Vagner Barbosa e ao verificar o braço do rapaz foi encontrada a tatuagem com a frase “Deus é Fiel”. Diante disso os policiais prenderam o suspeito que foi encaminhado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC)..

Vagner disse que não havia usado um revólver durante roubo, mas sim um isqueiro e afirmou que a moto Honda Biz roubada tinha sido repassada a um menor que mora na região. A PM não encontrou o garoto ao percorrer os bairros Vila União e Jardim Sumaré.

Durante o registro do Boletim de Ocorrência (BO) a PM recebeu a informação de que a moto Honda Biz foi abandonada no Jardim Sumaré e que era o produto do roubo a partir de checagem pela Rede de Segurança Infoseg.

Leia também:  Após escalar prédio suspeito de furto é encontrado dormindo em apartamento no 7º andar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.