A Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso pode aderir à greve que está ocorrendo em alguns Estados do Brasil. O Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Estado de Mato Grosso informou que na próxima semana a categoria vai realizar uma assembleia para decidir se adere ou não ao movimento nacional.

A gerente administrativa e financeira do Sindicato, Elisiane Reis, explicou que no sábado (11) a PRF vai fazer uma mobilização no Trevo do Lagarto para chamar a atenção do Governo para as reivindicações da categoria. “Após essa mobilização, vamos nos reunir na próxima quinta-feira (16) para uma assembleia e só vamos aderir à greve se houver uma maioria dos votos”, fala. Assembleia vai acontecer na sede do Sindicato, as 16h30.

Leia também:  Próximas 72h são decisivas para o transporte coletivo de Rondonópolis

O Chefe de Delegacia da PRF de Rondonópolis, Silvio José Barcelos, afirmou que por enquanto, os trabalhos estão ocorrendo normalmente na região. “Por aqui está tudo normal, ainda não recebemos nada oficial sobre uma possível greve. O efetivo está completo e trabalhando como nos outros dias”, diz Barcelos.

GREVE NACIONAL

Nos outros estados onde a greve começou hoje (7), a Polícia Federal informou que atenderá apenas os casos considerados urgentes. Serão mantidos os serviços do plantão, bem como a emissão de passaporte apenas para àquelas pessoas cujo agendamento já esteja confirmado. A greve será de nível nacional e perdurará pelo menos até a próxima sexta-feira (10/08), oportunidade em que haverá nova assembleia para reavaliar a situação, caso o Governo Federal apresente alguma proposta.

Leia também:  Simulação de explosão é realizada no Shopping

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.