Adão Ramos de Souza, 29 anos, foi baleado por um policial militar após resistir à prisão e ameaçá-lo com uma faca. O ocorrido aconteceu por volta das 13h15 desta terça-feira, em um bar, localizado no Jardim Primavera. O policial envolvido no caso conta que foi chamado no local com a denúncia de que havia um homem de posse de três facas ameaçando os clientes e o dono do estabelecimento.

Segundo o PM ao perceber a sua presença Adão começou a fazer ameaças e partiu para cima dele com a faca, nesse momento houve o primeiro tiro para somente assustar, mas o jovem apresentando estar embriagado continuou encurralando o policial que efetuou o segundo tiro na intenção de acertar a perna do acusado. Os dois primeiros tiros não acertaram Adão, apenas um terceiro disparo atingiu o seu abdômen.

Leia também:  Incêndio às margens da BR-163 paralisa pista nos dois sentidos

O PM conta no boletim de ocorrência que se encontrou encurralado e que por isso teve que atirar. A própria polícia chamou o Samu que encaminhou Adão ainda com vida para o Hospital Regional, onde passou por cirurgia.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.