O senador do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Cristovam Buarque, lançou o nome do seu colega de partido e bancada, Pedro Taques, como candidato a vice-presidente na futura chapa encabeçada pelo socialista Eduardo Campos (PSB), que atualmente governa o estado de Pernambuco.

O nome de Taques como vice em futura disputa presidencial, deve ser muito bem explorado pelos partidos com quem o PDT de Mato Grosso se coligou para as eleições municipais, em especial aqueles que fazem oposição ferrenha ao governo de Dilma Rousseff e fizeram ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como o PPS de Percival Muniz, o PSDB de Rogério Salles, que juntos disputam a prefeitura de Rondonópolis.

Na chapa pró- Percival ainda estão alinhados o Partido Verde (PV), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e os Democratas (DEM), todos no bloco de oposição ao governo federal.

Leia também:  Operação contra tráfico de drogas prende 46 pessoas no Rio de Janeiro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.