Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Quem quiser aproveitar a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) tem que correr, já que essa é última semana de validade dos descontos para a linha branca e carros novos.  A expectativa dos lojistas é de que o governo prorrogue os incentivos adotados para estimular o consumo e o crescimento.

Algumas lojas de móveis e eletrodomésticos de Rondonópolis avaliam que as vendas cresceram em até 20% durante o período de redução. A gerente de uma loja, Márcia Gonçalves, afirmou que esse é o momento para aproveitar o preço menor. “Fogões, geladeiras e máquinas de lavar estão com preços bons e todo desconto vale a pena, é preciso aproveitar”, fala.

DESCONTOS NO IPI

A primeira vez que o IPI foi reduzido para a linha branca foi em 2009, quando a crise financeira assolou o mundo e o País. Depois, foi implementada no fim de 2011, renovada em março por três meses e em junho por mais dois meses. Com isso, as alíquotas do imposto para a linha branca, foram reduzidas para máquinas de lavar (de 20% pra 10%), geladeiras (15% para 5%), tanquinhos (10% para 0) e fogões (4% para 0).

Leia também:  18° GAC realiza exposição em comemorações à 'Semana do Soldado'

No caso dos automóveis, o corte foi definido de acordo com a potência do motor e se a fabricação é nacional ou importada. A primeira adoção dessa medida também foi durante a crise de 2009 e, desta vez, em maio deste ano. No caso de carros nacionais de até mil cilindradas (mais vendidos), a alíquota caiu de 7% para 0. Os carros de mil a duas mil cilindradas, álcool e flex, tiveram a alíquota reduzida de 11% para 5,5%. Os veículos mil a duas cilindradas, a gasolina, tiveram a redução de 13% para 6,5%. Já os utilitários tiveram a redução de 4% para 1%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.