A demora na resposta do parecer jurídico da prefeitura municipal de Rondonópolis quanto a validação dos diplomas obtidos em países do MERCOSUL levou os representantes da Associação de Pós-Graduados que estudaram em Instituições Estrangeiras de Países Membros do Mercosul a procurarem os vereadores na tarde desta terça-feira (07), para solicitar ajuda na execução da lei.

De acordo com Maria de Lurdes Fernandes Cadidé, representante da associação, a lei foi aprovada e sancionada na época do prefeito José Carlos do Pátio, juntamente com a lei que regulamenta a elevação de nível dos graduados junto a Secretaria Municipal de Educação, porém, até o momento a Lei não foi executada.

O questionamento dos alunos de mestrado é que o prefeito Ananias Filho se reuniu no último mês com os servidores do município e solicitou um parecer jurídico do Procurador do município para executá-la posteriormente, mas, até o momento o grupo não obtive resposta e a situação tem angustiado a categoria que espera pelo reconhecimento do diploma e também pelo acréscimo do pagamento de elevação de nível.

Leia também:  Deputado Nininho participa da reinauguração da planta frigorífica Minerva

O presidente da Câmara Municipal, vereador Helio Pichioni, se colocou a disposição das servidoras, juntamente com os demais vereadores. O vereador Milton Mutum acrescentou que possivelmente o prefeito ainda esteja aguardando o parecer jurídico, tendo em vista que reajustes salariais são vetados em período eleitoral, contudo, acredita que esteja buscando uma alternativa, principalmente porque foi um dos defensores do projeto.

Para tentar solucionar o impasse na falta de resposta o presidente da Casa de Leis tentará agendar para a próxima terça-feira (14) uma reunião entre o prefeito e a categoria.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.