Arquivi AGORA MT

O município de Rondonópolis deu mais um passo rumo à possibilidade de se tornar o Centro de Treinamento para os jogos da Copa do Mundo de 2014, que terá Cuiabá como uma das sedes. O recurso de aproximadamente R$ 20 milhões será utilizado para a ampliação da pista do Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco e na aquisição de equipamentos para agilizar o processo de embarque e desembarque dos passageiros. A boa notícia foi confirmada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo- Sedtur.

Com o recurso, a pista passa a ter 500 metros a mais de comprimento (sentido Cuiabá) e fica 15 metros mais larga. Outro benefício é a instalação do aparelho raio-x no embarque de passageiros e a esteira de bagagem. Com essas modificações, o local fica apto a receber aeronaves de grande porte, como já acontece na capital, Cuiabá.

Leia também:  Servidor da Sefaz morre após infartar dentro de carro

Pensando ainda na Copa do Mundo de 2014, o Aeroporto também prepara seus profissionais. Duas funcionárias já falam fluentemente a língua inglesa e frequentam curso de espanhol. Para o gerente aeroportuário, Ronivalter Souza, o investimento é uma consequência da demanda que o município criou com o momento econômico atual que melhorou a renda das famílias de classe B e C. “Nos últimos dois anos cresceu de quatro mil passageiros ao ano por quatro mil ao mês. Devemos melhorar em todos os sentidos, tanto na segurança quanto no atendimento ao cliente”, pontua.

Também estão em fase de estudo, com a parceria do Governo Estadual e da Infraero, a transferência para Rondonópolis dos instrumentos para auxiliar no pouso e na decolagem dos aviões, já que o Aeroporto Internacional Marechal Rondon deve receber equipamentos novos.

Leia também:  Detenta apanha dentro de presídio por trair marido integrante do Comando Vermelho

As licitações para a escolha da empresa responsável pela obra de expansão da pista e pela compra dos equipamentos vão acontecer no próximo mês. A previsão é que o raio-x e a esteira sejam instalados até o fim deste ano. “Por isso pedimos que o passageiro leve o mínimo de bagagem de mão. Somente o necessário. Isso evita o constrangimento, porque os profissionais precisam verificar as bolsas e otimiza o embarque”, disse o gerente aeroportuário.

Caminhão AP 2

O caminhão de combate a incêndio, conhecido como AP 2, que já esta locado no Aeroporto Municipal, terá a doação formalizada nos próximos dias. Todos os documentos foram assinados pela Gestão Municipal e pela Força Aérea Brasileira – FAB. A compra de outro caminhão AP-2 já é avaliada com o apoio dos Governos Estadual e Federal.

Leia também:  Pátio pretende licitar novos táxis em Rondonópolis

 

Limpeza e segurança

Pensando na comodidade e segurança das pessoas que utilizam o Aeroporto, o quadro de funcionários também vai ser ampliado com a contratação de uma empresa para auxiliar no atendimento do canal de inspeção e na limpeza e higienização do local.

 

Linha de ônibus

O secretário Municipal de Transporte e Trânsito – Setrat, Sérgio Negri, já iniciou conversa com a empresa de Transporte Coletivo Cidade de Pedra para atender o aeroporto. A linha, caso seja efetivada, poderá atender outras demandas, como empresas instaladas na região. “Se der certo, e esperamos que sim, a mudança vai ser economicamente viável”, conclui.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.