Depois de mais de 120 dias em greve, os professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Campus Rondonópolis, decidiram hoje (19) em assembleia geral realizada na instituição a suspensão da paralisação.

O presidente da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat), o professor Antônio Gonçalves Vicente, explicou que a reunião durou mais de duas horas e que a suspensão da greve foi aceita quase que por unanimidade.

As aulas vão ser retomadas a partir desta segunda-feira (24), um novo calendário de aulas para a reposição dos dias paralisados já está sendo elaborado.

“É importante ressaltar que as reivindicações da categoria continuam, vamos lutar pela reestruturação do plano de carreira e melhorias na infraestrutura das instituições”, finalizou o professor Antônio Gonçalves Vicente.

Leia também:  Fuga em massa na Mata Grande, muro é explodido e 32 fogem
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.