Foto: TRE

A justiça eleitoral convocou mais de 1,2 milhão de mesários para trabalhar nas Eleições 2012. Porém, outros 427 mil voluntários se inscreveram e também farão parte do time que irá trabalhar no dia das eleições para prefeito e vereadores em todo o Brasil.

No total, serão 1.694.025 mesários no país, sem contar o Distrito Federal, que não realiza eleições municipais, mas manterá algumas seções eleitorais em funcionamento para eleitores que estiveram fora de seus domínios eleitorais possam justificar a ausência na votação.

No dia da votação, os mesários têm algumas funções definidas pela Justiça Eleitoral. Entre elas, estão a organização das seções eleitorais, manter a ordem no recinto, verificar as credenciais dos ficais de partidos, adotar procedimentos para a emissão da zerésima (a impressão dos votos zerados antes do início da votação), digitar o número dos títulos dos eleitores no terminal do mesário, autorizando o eleitor a votar ou justificar, receber as impugnações em relação à identidade do eleitor, providenciar a entrega dos materiais à junta eleitoral e resolver as dificuldades e esclarecer as dúvidas que surgirem. Os mesários também estão autorizados a dispor de força pública quando necessário.

Leia também:  Depois de 60 dias de promessa, INSS continua sem peritos

A Justiça Eleitoral convoca, preferencialmente, eleitores da própria seção e, as pessoas com nível de escolaridade supero têm preferência, além de professores e serventuários da Justiça

A Justiça Eleitoral criou o programa Mesário Voluntário, em que todo eleitor maior de 18 anos pode se dispor a trabalhar no dia das eleições.

Pelo trabalho realizado no dia da eleição, o mesário terá direito de ser dispensado do serviço (público ou privado) pelo dobro dos dias prestados à Justiça Eleitoral. No caso de apenas um turno, serão dois dias de folga. Caso a cidade tenha segundo turno, o mesário terá direito a 4 dias de folga.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.