O candidato Ananias Filho (PR) foi quem iniciou a sabatina promovida pela Diocese de Rondonópolis, na noite de ontem (18). Cada candidato respondeu a três perguntas feitas pela comunidade com o tempo limite de 3min.

Após o sorteio dos temas Ananias falou sobre Educação, Trânsito e Transparência Pública.  Na primeira pergunta que foi direcionada a falta de vagas nas creches, o candidato contou que após assumir já inaugurou duas unidades e que está dando continuidade na construção de mais 11. “Caso seja reeleito com a colaboração do governo vou tentar suprir a demanda da cidade criando novas unidades para atender os bairros”, fala.

Quanto ao Trânsito de Rondonópolis, Ananias falou que esse tema tem um capítulo especial no seu plano de governo. O candidato do PR fala que a ideia é planejar um trânsito para o futuro. “Já implantamos novos semáforos, rotatórias, reforçamos a sinalização e pretendo criar novas ciclovias, o estacionamento rotativo, a construção de pontes para desafogar as vias e também um novo anel viário”, diz.

Leia também:  Sesc Rondonópolis realiza desafio mix aeróbico neste sábado (08)

Para fechar a sua participação, Ananias, falou sobre transparência pública. Segundo o candidato o Observatório Social será usado como ferramenta para que a comunidade possa acompanhar o que acontece no município. “Quero também usar a tecnologia para que o cidadão possa fiscalizar as obras através da internet, podendo realizar pregões eletrônicos”, conta.

Já o candidato Juca Lemos (PT) respondeu a perguntas ligadas a Segurança Pública, Cultura e Lazer e Infraestrutura. Para a Segurança, Juca, afirmou que o tema trata-se de uma questão social. “É preciso inclusão social para resolver esse problema através do esporte para crianças e adolescentes e educação. Se eleito, vou manter a Semasp e dobrar o efetivo para atender a população”, fala.

Sobre Cultura e Lazer, Juca, explicou que o município tem muito a ser feito para melhorar e que pretende desenvolver ações e novas construções como, por exemplo, a criação de um teatro na cidade. No tema infraestrutura, o candidato do PT voltou a falar que foi graças ao seu partido que água em Rondonópolis não foi vendida. “Pretendo universalizar a oferta de água e esgoto na cidade. Também pretendo realizar um estudo para ver o impacto ambiental devido a vinda da Ferronorte”, alega.

Leia também:  Atuante

O candidato Percival Muniz (PPS) foi sabatinado sobre os temas Saúde, Habitação e Saneamento. No primeiro assunto, Percival, começou a relembrar o que já fez pelo setor na cidade e disse que a estrutura está menor do que quando ele deixou a prefeitura. “Quero construir novos PSFs para que chegue no número recomendado pelo Ministério da Saúde e atenda toda a demanda do município”, salienta.

Na Habitação, Percival prometeu transformar as chácaras que estão dentro na cidade em residências para poder fazer esgoto. “Quero acabar com a ideia de que casas populares tem que ser construídas em bairros afastados da cidade. Se eleito que atender cerca de 10 mil pessoas entregando a casa própria e acabando com o déficit do munícipio”, confirma.

Leia também:  Municípios mato-grossenses podem aderir ao Selo Unicef

As propostas de Percival para o Saneamento é de acabar com o motivo que tem causado mal cheiro em alguns bairros da cidade. Outro ponto destacado pelo candidato é foi o de resolver problemas com a falta de água. “Antes não havia falta de água em Rondonópolis eu vou resolver isso, porque dinheiro vem, mas não se investe na área”, finaliza.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.