O incêndio no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães já está controlado. A informação é do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela administração do local. Segundo Sandro Benevides do Carmo, membro do ICMBio, a expectativa é que até este final de semana já não haja mais risco de queimadas. “Mesmo com o fogo sob controle, os profissionais do ICMBio, Corpo de Bombeiros e Aeronáutica continuam atuando na área. O local só será liberado quando não houver qualquer risco”.

O incêndio na região teve início no dia 7 de setembro, próximo a uma região de chácaras localizada às margens do rio Coxipó do Ouro. Conforme balanço parcial, as chamas queimaram cerca de 10 mil hectares da região de mata, sendo 8,5 mil hectares nas mediações do parque e 1,5 mil hectares de vegetação de morros que compreendem o ambiente de conservação de Chapada dos Guimarães. Devido a situação, o ICMBio chegou a suspender o agendamento de visitas em determinados pontos turísticos, como o Morro de São Gerônimo e o Circuito de Cachoeiras. O Parque Nacional de Chapada dos Guimarães possui 33,3 mil hectares, formados por sítios arqueológicos e paleontológicos, 153 quilômetros de paredões, regiões de reserva, além de imóveis já tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Leia também:  Escolas de Rondonópolis recebem melhorias em climatização

Outros incêndios – Equipes do Corpo de Bombeiros estão no município de Nobres (146 km a médio-norte de Cuiabá) desde o início da semana atuando no combate ao incêndio registrado na região da cabeceira do Rio Cuiabá. Segundo o titular do Comando Regional I, coronel Dércio Santos da Silva, o local faz parte de uma unidade de conservação ambiental. Outra região que também está sendo devastada pelas chamas é a terra indígena Wawi, localizada próxima ao Parque do Xingu, região norte de Mato Grosso. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Re- cursos Renováveis (Ibama) 5 mil hectares já foram destruídos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.