Quem pretende atuar como voluntário na Copa das Confederações e Copa do Mundo da FIFA 2014 tem até esta sexta-feira (21.09) para se inscrever. O Comitê Organizador Local registrou até a última quarta-feira 123.400 inscritos no programa de voluntários.

Para se inscrever, o candidato a voluntário deve acessar o link “Brasil 2014 – Voluntários” e seguir as instruções. A exigência básica é ter 18 anos ou mais até três meses antes da Copa das Confederações (junho de 2013) ou da Copa de 2014 e ter disponibilidade para trabalhar 20 dias num dos dois eventos esportivos a serem realizados no Brasil. Idosos e pessoas com deficiência também podem se inscrever no programa da FIFA.

“Com essa resposta do público, não tenho dúvidas de que teremos os melhores voluntários para a seleção que vai fazer com que seja possível todas as outras 32 entrarem em campo”, comemora o membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo da FIFA, Bebeto.

Leia também:  Detran paralisa atividades por 24h em Mato Grosso nesta quinta-feira (17)

“Os voluntários são importantes em todos os sentidos, não só na Copa do Mundo, mas em todos os grandes eventos esportivos. Normalmente, o brasileiro é muito participativo e não está sendo diferente em todas as cidades”, disse Ronaldo, companheiro de Bebeto no Conselho do COL.

O advogado Hernán Gutierrez, 45, é um dos mato-grossenses que já viveram as emoções de ser voluntário, atuando nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007. Depois de fazer sua inscrição para atuar novamente na Copa das Confederações ou na Copa do Mundo da Fifa 2014, Gutierrez destacou as vantagens deste trabalho. “Conheci muitos atletas, o nadador brasileiro César Cielo, o boxeador Acelino Popó, entre outros atletas nacionais e estrangeiros. Porém, o mais importante foi vivenciar a confraternização de povos e ajudar os estrangeiros com muito prazer e responsabilidade. Fiz história junto com o povo brasileiro em 2007”, disse o voluntário.

Cuiabano e intérprete da língua espanhola, o advogado disse que o conhecimento e o legado recebido durante os jogos foram uma experiência única de vida. “Fui incumbido da responsabilidade de orientar um membro do Comitê Olímpico Internacional e durante 30 dias auxiliei e demonstrei que o povo brasileiro é capaz de organizar um grande evento. Tenho certeza que Cuiabá e o Brasil farão uma grande organização, mostrando nossa receptividade, solidariedade e orgulho pela nossa terra”, comentou Gutierrez.

Leia também:  Projeto oferece capacitação nos EUA a professores de língua inglesa da educação básica pública

INSCRIÇÕES

No momento da inscrição, o candidato deve escolher os eventos onde gostaria de trabalhar: sorteio da Copa das Confederações da FIFA, em dezembro deste ano em São Paulo; Copa das Confederações, em junho de 2013; sorteio da Copa do Mundo da FIFA, previsto para o fim de 2013 na Costa do Sauipe, e a Copa do Mundo da FIFA, que ocorrerá em junho e julho de 2014. O processo seletivo ocorre simultaneamente para os quatro eventos.

As áreas de atuação incluem serviços de transmissão, serviços de alimentação, transporte, protocolo, credenciamento, tecnologia da informação, operações de imprensa, hospitalidade, serviços médicos e competições, entre outras.

O programa de voluntário está dividido em três etapas:

Leia também:  Período proibitivo para queimadas começa neste sábado em MT

1) Processo de seleção: mobilizar e reunir pessoas de todo o Brasil e do mundo dispostas a darem a sua contribuição para a realização da Copa das Confederações da FIFA e da Copa do Mundo da FIFA;

2) Durante os eventos: motivar os voluntários e garantir condições ideais para que eles extravasem sua alegria e simpatia ao atenderem e orientarem delegações e torcedores, garantindo a inigualável atmosfera de celebração que caracteriza a Copa do Mundo da FIFA;

3) Após 2014: fazer do Programa de Voluntários um dos principais legados da Copa do Mundo da FIFA ao expandir a cultura do voluntariado no Brasil e devolver ao mercado pessoas com experiência e treinadas para eventos de grande porte.

Os candidatos que não tiverem sido selecionados pelo COL poderão se inscrever em breve para programas de voluntariado do Governo Federal e da cidade-sede, que serão complementares ao da entidade organizadora das Copas. Em Cuiabá, haverá capacitação para atuar especialmente na orientação aos turistas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.